quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Sapatilha de Ponta - 1

Vamos criar uma discussão entre bailarinas sobre "Tudo o que sempre quisemos saber sobre a sapatilha de Ponta"? Quero contar com a colaboração de todas vocês com colocações e perguntas que podem ser resposdidas por mim ou por qualquer uma de nós, ok?

Nesta primeira postagem quero falar um pouco sobre "a hora certa de usar a sapatilha de pontas".
Eu acredito que o professor deve avaliar caso a caso as alunas antes de encaminhá-las para compra de sua primeira ponta. Algumas regrinhas são importantes ferramentas que podemos usar nessa avaliação.
- idade mínima: 11 anos completos
- tempo mínimo de ballet: 5 anos de ballet para alunas crianças; 1 ano de ballet para alunas adultas.
- requisitos técnicos: a aluna deve ser capaz de subir e sustentar sua meia-ponta alta; deve conseguir sustentar seu en dehors em 1a e 5a posição.
- requisitos físicos: todos os físicos podem dançar e subir na ponta. Cabe ao professor orientar algumas pessoas sobre possíveis problemas, caso a caso e cabe a essas alunas (se adultas) ou à mãe delas (se crianças) decidir se deve ou não dançar nas pontas. São alguns desses casos: pessoas com joanete; pessoas com hérnia de disco, lordose ou outros problemas de coluna; pessoas com unha encravada persistente, pessoas com osteoporose ou idade avançada e por fim pessoas com sobrepeso.
Quero lembrar e reforçar que o ballet clássico e o uso de pontas se bem direcionado não causa esses problemas, e sim, se  a pessoa já os tem, podem ser agravados com o uso dessa técnica. Professora, pais e alunas devem conversar e avaliar cada caso!
Ballet clássico é uma arte e o uso de sapatilhas de pontas no ballet data de 1832*. Desde então muito foi desenvolvido no que se refere a tecnologia dos sapatos, a técnica do ballet, bem como o próprio corpo humano evoluiu e mudou.
Veja esta obra de Edgar Degas, datada de 1872 em Paris. Veja a diferença estética.

Edgar Degas
Dance Class at the Opéra

1872; detail; Musée d'Orsay, Paris









O que pode acontecer afinal se eu colocar as pontas antes do tempo?
Segundo Wanda Bambirra em seu livro "Dançar e Sonhar - a didática do ballet infantil", (...) "é anti-profissional exigir que uma criança com menos de 11 anos faça esforços como ficar na ponta dos pés. Esse equilíbrio só vai sendo adquirido com desenvolvimento, compatível ou resultante de um grau de mielinização aja adiantado. Mielinização é a deposição de mielina nas fibras nervosas, ou seja, quando um bebê nasce , ele tem reflexos nervosos, claro, mas não tem coordenação motora. Esta mielinização só se completa na puberdade, dos 10 aos 12 anos para meninas e de 14 aos 16 anos para meninos. (...)
O sustentar sobre as pontas não é somente uma evolução técnica, mas também uma adaptação do corpo a uma nova forma de equilíbrio, com a fortificação de ossos, tendões, ligamentos e músculos.

Para tanto, alguns exercícios são indicados para fortificar e preparar o corpo para o uso das pontas." Wanda Bambirra considera ainda que se uma pessoa iniciar na ponta sem antes ter sua qualidade técnica e idade adequada poderá no futuro sofrer lesões e deformações que ao contrário de torná-las bailarinas, acabam finalmente impedindo-as de dançar quando orientadas por maus profissionais, é claro.
Chegou a hora! Estou nas pontas! Você estudou, trabalhou duro, esperou e finalmente sua professora deixou você colocar a ponta. Parabéns!
Agora surgem muitas dúvidas, entre elas, como costurar a fita e o elástico, como amarrar a fita, como escolher a ponteira, a marca e o modelo da sapatilha ideal. Na próxima postagem quer falar sobre essas dúvidas todas.
Por enquanto quero focar numa dúvida técnica: como melhorar minha performance na Ponta?
Eu aconselho minhas alunas a fazerem uma série de exercícios em casa, descalças, todos os dias, ou ao menos 3 vezes por semana. São exercícios complementares às aulas de ballet que você já faz.
Veja a lista nesta outra postagem: http://oblogdoballet.blogspot.com/2009/10/10-primeiros-exercicios-para-fazer-em.html


* Taglioni: Rainha das Pontas: Marie Tagloni é a culpada pela primeira dança nas pontas. Mas ninguém sabe ao certo se foi ela mesma que em 1832 dançou pela primeira vez todo o “La Sylphide” nas pontas. É quase certo que outras bailarinas já tivesem dançado antes nas pontas, pois há referências em jornais antigos de bailarinas com “dedos fantásticos”. Pensam até que Maria Camargo a precedeu com um século de diferença. Mas o mérito todo foi mesmo para Taglioni, que desenvolveu a técnica e revolucionou o ballet. Ela criou a dança dos dedos, e transformou algo que antes parecia somente atração de circo em uma expressão artística e dramática através das técnicas dos pés. Sua graça, beleza, elevação e estilo ganharam público e favorecem uma brilhante carreira. Na Rússia, os fãs de Taglioni a amavam tanto que cozinharam suas sapatilhas e as comeram com salsa!!! Fonte: http://www.dicasdedanca.com.br/historia-do-ballet-referencias-importantes-para-a-danca-classica.html
Veja um pouco mais sobre a história da dança na minha postagem de 19 de fevereiro de 2010: http://oblogdoballet.blogspot.com/search?updated-max=2010-03-14T15%3A37%3A00-03%3A00&max-results=7

66 comentários:

  1. Oi prof qnto tmpo ja estava com saudade dos seus post! obrigada pelo post sobre as pontas,
    esse mes parei o ballet pq a prof mudou de lugar e fomos para uma sala tipo de kung fu e no chão inves de madeira é só aqueles "colchonetes" pro lutador não se machucar sabe?? e tem em toda a sala estes malditos colchonetes e axo ke ela nao pretende tirar tão cedo me desequilibrei umas quantas vzes sem as pontas e ate torci o pé.

    Ninguem merece imagina numa aula de pontas não tem condições!

    Beijoks Juju



    bugigangasdaju.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gente alguém me ajuda: fiz ballet clássico com 6 anos e parei com 8, depois disso fiz ginástica ritmica e faz 1 ano e meio que entrei no ballet fitness ( a prof mistura um pouco com ballet clássico) a prof me disse que eu tenho força nos pés e fleibilidade. com isso posso usar sapatilha de ponta, Renata?

      Excluir
  2. Gostei muito dos exercícios para os pés, Renata. Tenho mais dúvidas: As ponteiras de silicone nos proporcionam mais conforto, mas nos obrigam a comprar tamanhos maiores q deixam nossos pés mais brutos. Não gostei de usá-las. Qual seria a proteção ideal para os dedos? As sapatilhas Gaynor Minden são somente para palco? Posso treinar no estúdio com elas? Muito obrigada. Beijinhos!

    ResponderExcluir
  3. Nossa Ju... Ninguém merece! Fico muito chateada por saber que vc parou momentaneamente o ballet. É uma pena que por aí não existam outras professoras. Espero que a situação se resolva e você possa voltar a realizar seu sonho de ballet!

    ResponderExcluir
  4. Marcelle...
    Eu, particularmente me adaptei as ponteiras de silicone. Acho que mais do que comprar sapatilhas maiores, pense em comprar um modelo com a box mais larga. Mas cada uma tem sua preferência. Tenho uma aluna que tem uma ponteirinha de couro, japonesa. Ela acha super confortável e é bem slim. Use aquela que preferir!
    Sobre a Gaynor, eu mesma nunca comprei uma para mim. Sei que são consideradas sapatilhas de palco pois elas facilitam a performance. Algumas escolas renomadas daqui de São Paulo (a Especial e o Municipal) não deixam suas alunas usarem (nem no palco!). A justificativa seria de que elas não favorecem o fortalecimento do pé, que é o objetivo da aula. Com isso, sua técnica ficaria estagnada num ponto.
    Eu acho que no seu caso específico, se quer apenas ensaiar o ballet que vai apresentar, não quer sentir dor, enfim. Para você eu não vejo problema em treinar com a Gaynor.
    Vou postar em breve uma pesquisa sobre durabilidade das sapatilhas de ponta e também uma comparação entre marcas e modelos.
    Obrigada por postar!

    ResponderExcluir
  5. Olá,prof.Renata, que bom que vc voltou....Estou no ballet clássico a 1 ano e 8 meses, gosto muito, mas tenho muitas limitações, principalmente na parte de coreografias (decorá-las), demoro, me sinto frustrada as vezes, por outro lado me esforço muito, anoto tudo, e filmo também, estudo em
    casa...amo esta arte, mas não sei se estou forçando a barra entende? Será que com o tempo
    estes problemas serão sanados? Tenho mais de
    30 anos, pouca flexibilidade, por isso treino
    todos os dias no minimo 30 minutos. Vc tem alunas com este perfil, como é o desenvolvimento delas? Meu Deus isso virou uma
    carta de lamentações...me desculpe...e um beijo

    ResponderExcluir
  6. "Anônimo"...
    Tenho alunas sim com esse perfil. Sabe, suas dificuldades são bem comuns em quem começa adulta. Pelo que vc está me dizendo, é uma grande candidata a evoluir rápido, pois é bem dedicada. O ballet é uma linguagem. No primeiro ano vc aprende o be-a-bá, depois de compreendê-lo (no corpo e na cabeça) vai começar a fluir. É como alguém que começa a escrever; no começo a caligrafia é ruim, as dificuldades limitam e depois, com a prática poderá escrever até livros!!!
    Quanto a decorar os passos, sugiro que a primeira vez vc olhe apenas, na segunda passada faça junto com o professor; então faça sozinha enquanto ele se vira para pôr a música, se encontrar dificuldade pergunte ao professor. Acostume-se a não colar e a ficar na frente pois só assim vai conseguir decorar e ter segurança!!!
    Pegunte o que quiser!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Prof. agradeço sua resposta tão rápida, e as
    dicas, certamente irei fazê-las.
    Vc me explicou de uma maneira tão bonita e doce, me motivou muito...Estou passando um
    momento complicadinho, mas estou decidida
    a continuar, a me dedicar...Muitissimo obrigada pelas palavras, e certamente volto
    p/te fazer perguntas, e elogios.Sou Selma Regina...Beijos, fique com Deus.

    ResponderExcluir
  8. Selma Regina fique a vontade para postar no blog do ballet!!! Bjus

    ResponderExcluir
  9. Boa tarde, Prof. Renata! Realmente, comprei a Gaynor após me empolgar com o seu conforto após experimentá-la na loja. Mas depois vi q gastei um dinheiro q poderia ter comprado 4 sapatilhas...rs A sua explicação sobre a dúvida da Selma tb me ajudou muito. Obrigada. Ficarei ligada nos próximos posts. Bjo!

    ResponderExcluir
  10. Olha eu aqui novamente! Acho que esse meu comentário cabe melhor aqui. Com relação às ponteiras. Eu até tenho as de silicone, mas meus pés incham no calor e quando isso acontece as ponteiras de silicone prendem a circulação dos meus dedos ficando impossível de subir por causa da dor. Meus pés são largos e me parece que a Millenium não fabrica sapatilhas com box de tamanhos diferentes, apenas muda a altura da gáspea. Nessas horas aquelas baratinhas de helanca ajudam. Você acredita que há 20 anos atrás eu usava um pedaço de absorvente por dentro da plataforma e enrolava a sobra da meia nos dedos + esparadrapo?...rs Fiquei muito interessada nessas ponteiras de couro japonesas. Mas será q vendem aqui no Brasil? Obrigada.

    ResponderExcluir
  11. Marcelle... adoro seus comentários!
    Antigamente fazíamos de tudo, eu não usava nada e às vezes só a ponteira de espuma rs... meu pé era OUTRO haha!
    Olha nunca vi essas ponteiras por aqui... snif!

    ResponderExcluir
  12. Oiii, bem eu tenho muitas duvidas, eu fiz ballet dos 3 aos 6 anos de idade e jazz também, mas comecei com 4 anos o jazz na escola onde eu estudava... tive que parar porque eu me mudei de escola... e ontem eu comecei a me interessar novamente e queria saber se eu tenho condições de aprender sozinha a usar ponta, pq eu comprei hoje uma sapatilha normal, mas não posso pagar aulas, então fiz exercicíos em casa, posso fazer isso? me responda ou no meu canal do YouTube ou no meu blog...
    YouTube: http://www.youtube.com.br/user/GhafXDbibi
    Blog: http://ghafxdbibi.blogspot.com
    Beizoo Gabìíh
    (ESPERO Q RESPONDA)

    ResponderExcluir
  13. Gabìíh, querida. Tenho que te falar que não.
    Não dá para aprender ponta sozinha pois vc corre o risco de deformar seu pé e não mais ser capaz de usar pontas no futuro.
    Sei que as aulas de ballet normalmente são caras; não sei em que cidade vc mora, porém, sugiro que procure fazer em instituições públicas como prefeituras, igrejas, casas de cultura, centros culturais etc. É muito importante ter a orientação profissional.
    Onde vc mora? Talvez eu possa indicar alguma coisa.
    Bjus mil
    Obrigada por postar no blog do ballet!

    ResponderExcluir
  14. ola,sou a yas tenho apenas10 anosdaqui 5 dias faço 11,bom sou fassinada por ballet,ja estou na 2 ponta queria saber como aperfeiçuar os meus passos, poruq minha perna é fraca oque eu faço?

    ResponderExcluir
  15. yas... sua perna é fraca? Para fortalecê-la faça mais aulas. Vc faz 2 por semana? Então acrescente + 1 na sua rotina. Também pode fazer exercícios em casa. Veja a minha postagem http://oblogdoballet.blogspot.com/2009/10/10-primeiros-exercicios-para-fazer-em.html
    E aproveite!
    Bjus

    ResponderExcluir
  16. Olá meu nome é Thalía,e gostaria de tirar uma dúvida com vcê (Profª Renata)bom aqui vai.
    Tenho 14 anos e estou no 2ºGrau estou mudando de Academia de Ballet,pois vou mudar de cidade e então lá há um ótimo pacote qê oferece aula de ponta e gostaria de lhe perguntar se estou apta a fazer este tipo de aula?
    Obrigado pela atenção.
    beeijos :)!
    espero respostas

    ResponderExcluir
  17. Oi Thalia, bem, quem deve avaliar se vc está apta para a aula de ponta é a professora do curso para o qual vc irá se mudar, linda. Quanto à sua idade, não há restrição, PODE FAZER SIM!
    Bjus e boa sorte!

    ResponderExcluir
  18. oii, meu nome é rita,sou apaixonadissima por ballet mais infelismente na cidade em que eu moro ñ tem escolas que de aulas :"(...amei seus comentarios suas dicas...

    ResponderExcluir
  19. Obrigada pelo carinho, Rita. Onde vc mora? Bjus

    ResponderExcluir
  20. professora Renata, eu faço ballet á 5 anos, comprei a sapatilha esta semana por conta própria, mais já me adaptei, e quando contei a minha professora( novata), ela disse que fiz uma coisa certa, pois meus pés já estava preparados, e eu tb, treinei, sem passar dos meus limites, e estou indo bem e muito animada na ponta, descobri seu blog hoje, mais já segui e vou ficar visitando, pois adorei. Beijos

    ResponderExcluir
  21. MKLA seja bem vinda ao blog do ballet! obrigada pelo comentário!

    ResponderExcluir
  22. Olá, professora! Gostaria de deixar aqui meu depoimento sobre usar sapatilha de ponta antes do tempo: com apenas 4 meses de ballet minha professora quis que eu, para acompanhar as outras alunas, subisse na ponta. Tenho quase 30 anos e quase nenhuma força no pé, dado o pouco tempo que praticava. Na primeira aula de ponta senti um grande desconforto mas achei que era normal e não comentei nada com ninguém. Dois dias depois minha estrutura paravertebral estava tão inflamada a que mal conseguia andar! Perdi dias de trabalho e só com diversas injeções para diminuir a dor é que pude seguir adiante! O médico explicou que isso que tive se deve ao fato de que, não tendo o pé força suficiente para subir na ponta, a tendência é apoiarmos nossas mãos na barra e subirmos com a força das costas, o que é totalmente inadequado! Detalhe: eu não tenho problema algum de coluna ou ortopédico! Minha força muscular é razoável e não fiz nenhum movimento além do demandado em sala de aula. O problema foi submeter meu corpo a um esforço que ele não estava preparado! Sendo assim, recomendo a todos que procurem uma boa escola de dança, com professores responsaveis (o que não foi meu caso, infelizmente) e não pulem etapas! O blog está maravilhoso, parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi "Seguindo em frente". Muito obrigada por seu depoimento! Isso aconteceu com vc recentemente? Que coisa, heim? Você voltou para o ballet (na meia ponta, claro)depois disso? Espero sinceramente que não tenha desistido! Bjus e Boa sorte!

      Excluir
  23. Olá professora Renata. Tenho uma dúvida. Comecei a fazer ballet recentemente. Tenho uma escoliose idiopática e já fiz uso de colete ortopédico. Quero saber se praticar ballet pode me trazer algum problema futuro, ou se não poderei um dia usar sapatilha de ponta. Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Izabela, como vai? Desculpe-me pela demora em responder. Olha, querida, o meu conhecimento vai até certo ponto. Como vc já tem uma patologia, o ideal seria conversar com o médico e com sua professora e ir acompanhando sua evolução. Tomara que dê certo!

      Excluir
  24. tenho 11 anos,ja fiz 3 anos ou mais de ballet sou muito esforçada e pratico bem os exercicios em ks eu posso ja começar a treinar na sapatilha de ponta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amanda, querida. Só quem poderá avaliá-la

      Excluir
    2. É a sua professora quem deve ver se vc está apta a ir para a ponta ou não, já que cada pessoa tem seu tempo, cada físico é diferente do outro e cada aluna é uma aluna. Boa sorte!

      Excluir
  25. comecei a fazer ballet muito nova o meu sonho sempre foi a sabatilha de ponta mais a professora sempre fala que eu nao tenho forca nas pernas mais eu acho que tenho por que sempre andei de salto alto e tudo muito fala que eu sei andar eu acho que andar de salto alto e como ter uma sapatinha de ponta voce pode me ajudar com isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida. O salto alto é completamente diferente do trabalho na ponta. Devemos confiar nos profissionais que estão à nossa volta e creio que sua professora quer o seu bem. Caso você tenha certeza que a avaliação dela não esteja correta, faça uma aula teste com outro profissional em sua cidade. Infelizmente em questões de corpo, não posso avaliar via web. Boa sorte!

      Excluir
  26. Na media, com quantos meses, uma pessoa pode usar sapatilha de ponta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi querida, como vai? A pessoa precisa fazer de 5 a 10 anos de ballet (dependendo de com quantos anos começou e se seu estudo foi contínuo) Varia de pessoa para pessoa e vai depender de sua técnica e força. Espero ter ajudado. Bjus

      Excluir
  27. Porque tem meninas da minha sala de ballet que tem em torno de 5 meses de aula, 14 anos á 17 anos e ja usam ponta muito bem? Eu tenho 12 anos e vou começar, me esforço bastante, treino todos os dias em casa e comecei essa semana, uso ponta mais ou menos daqui a quantos meses?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria Raquel, cada professora tem seu método e cada aluna é diferente da outra. Esse tempo não pode ser medido assim, e muito menos determinado por alguém que não te conhece, através de um blog. Se você conseguir essa informação na internet, desconfie. O certo mesmo é confiar em sua professora, treinar muito e ter paciência. A ponta é um sonho, claro, mas você é muito nova e tem muito tempo de ballet pela frente. Boa sorte, linda!

      Excluir
  28. ola. eu tenho 12 anos fiz ballet dos 2 aos 5 anos e voltei a fazr á algum tempo, tambem aguento bem en dehors posso tentar pontas?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kat! Obrigada pelo carinho e confiança. Quem deverá avaliar se está preparada é sua professora. Se ela disse que sim, então vai fundo! Boa sorte! Bjus

      Excluir
  29. com quantos anos de aula um pessoa de 15 anos pode começar a usar a ponta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Myria, como vai? Obrigada pelo carinho e confiança. Bem, sobre sua pergunta, o tempo vai variar de menina para menina e de professora para professora. Tudo vai depender do método que sua professora usa, da sua estrutura física, de seu empenho e dos resultados que você apresenta no ballet. Pode levar até 5 anos, mas pode ser menos. No melhor caso pode ser 1 ano! Bjus

      Excluir
  30. ola, eu já subi em uma ponta e ja sei e consigo me sustentar nela nas 5 posisoes voc~e acha que ja estou pronta
    pois meu professor vai fazer alguns testes e gostaria de saber se ja tenho o osso desenvolvido

    ResponderExcluir
  31. estou treinando muito para ir para a ponta.
    no 2°graú tem gente q fica na ponta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Ana, como cada escola tem um programa diferente, fica difícil de responder sua pergunta. Veja com sua professora! Bjus e obrigada pela confiança.

      Excluir
  32. Olá, professora.
    Muito bacana seu blog!
    Veja se pode me ajudar...
    Sou LOUCA por Ballet Clássico e fui bailarina durante 8 anos da minha vida (entre a minha infância e adolescência).
    Até que, descobri que tinha problema nos pés, por serem flexíveis demais. Eu tinha muita facilidade em ficar em cima da ponta e até caía, pois era involuntário. Meus próprios pés me derrubavam. Mas não por eu não conseguir subir mas sim, por eles "virarem" - até demais - quando eu estava em cima da ponta.
    Então fui a um ortopedista que tinha uma coleção de fotos de pés de bailarinas que tiveram uma série de problemas nos pés (eram fotos horríveis de pés e dedos tortos) e ele me disse que eu já estava com meus nervos atrofiando e que minha musculatura não era das melhores e que o correto era eu parar de fazer Ballet.
    Hoje tenho 30 anos e ainda sou apaixonada demais, morro de saudades e não posso ouvir uma música clássica, ficar sabendo de um espetáculo de dança que chego a ficar arrepiada e me pergunto se não existe uma forma de dançar - com toda a perfeição que o Ballet Clássico exige - porém, sem a sapatilha de ponta.
    Procurei por uma escola de dança e até iniciei na meia ponta (4 meses atrás) só que "passei" para a turma de ponta e é ruim me sentir ali "diferente" das outras. Isto é, eu quero avançar sim mas, me sentindo "normal" apesar de não usar ponta. Não quero ficar numa turma infantil só porque as crianças não usam ponta e eu também não posso usar.
    Sonho em fazer apresentações de Ballet como uma boa aluna, como uma mulher que ama Ballet Clássico... Como uma bailarina adulta mas que, não necessariamente tenha que estar na ponta! Sonho com isso mas não ao lado de crianças de 12 anos...
    Agradeço muito se puder me responder e se tiver alguma indicação de escola no RJ (Zona Sul ou Barra da Tijuca).
    Muito obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi "Feliz", obrigada pelo carinho e pela confiança. Bem, aqui em São Paulo a gente costuma fazer aulas (que chamamos de master classes). São aulas para adultos que fizeram ballet durante sua vida e que continuam dançando, sem ponta e sem a intenção de profissionalizar-se. Não sei se tem esse tipo de aula no Rio, mas acredito que sim. Procure escolas de renome que mantém uma companhia profissional (clássica ou contemporânea). Nesses lugares é possível fazer aulas junto com a cia. Aqui temos o ballet stagium, o studio3, entre outras. Se quiser, vejo com uma amiga do Rio qual escola na zona sul/ barra que tem esse perfil. Espero ter ajudado. Bjus

      Excluir
  33. Oi como vai? eu tenho 09 anos e faço ballet desde os 03 anos de idade e nunca parei. Eu comecei a utilizar a ponta ano passado
    bjs ! meu nome é Ana Cláudia e moro no PI !!!!!
    Amei seu blog !!! me ajudou muito !!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ana por seu carinho e confiança! Beijos

      Excluir
  34. Oi, alguém sabe onde posso encontrar um curso de dança acrobática em São Paulo? De preferencia algum que seja perto de alto de pinheiros.
    Obrigada !!

    ResponderExcluir
  35. Oi, eu tenho 14 anos e entrei na sapatilha de ponta agora. Eu faço ballet desde pequena mas parei 3 anos porque minha mãe não tinha tanto tempo livre para me levar. Eu voltei para o ballet no ano passado mas Eu acho que estou pronta para ponta pois sou bem flexivel e me esforço ao maximo pois eu quero seguir a carreira, eu tenho chance? Mas eu também queria saber Se é normal meus dedos do pé incharem. Eu não sinto muita dor, só aquela ardencia da ponta e quando eu tiro a sapatilha de ponta e logo para, mas o inchasso dos meus dedos esta começando a me preocupar, é normal.?
    Bjs, Bia.

    ResponderExcluir
  36. oi professora! o blog é ótimo!
    tenho muita vontade de comprar uma sapatilha millenium, mas não sei onde.
    já fiz muitas pesquisas sobre e não sei qual seria o meu modelo, meu arco de pé é medio, e meu pé é não é nem muito forte, nem fraco. sou intermediaria.
    mais uma coisinha, vc conhece as marcas bloch e freed? qual é mais confortável e qual dura mais?
    espero q vc possa responder, beijos
    Andressa

    ResponderExcluir
  37. Eu danço na sapatilha de ponta estudante e em Agosto irei começar a dançar na ponta mesmo, faço ballet a 6 anos e adooooro dançar, muito obrigada pelas dicas.
    Porém será que não irei me machucar?

    ResponderExcluir
  38. Olá, sou Beatriz, estou com 10 anos, vou fazer 11 ainda este ano, minha professora disse a mim para comprar uma sapatilha de ponta, mas nunca pedia a ela.
    As meninas da minha sala ficaram loucas pq nunca tiveram nem eu, elas perguntaram para a prof, porém disse assim:
    -Ela fez balé por quatro anos,ela se esforça, faz todos os exercícios direitinho, e tem a meia ponta alta.
    Então posso usar sapatilha de ponta?

    ResponderExcluir
  39. olá professora, minha chará xp estou com tres anos de ballet, uso a millenium preludio mas esta quebrando muito rapido, gostaria de saber de algum tipo ou outra marca mesmo que seja mais resistente..minha prof disse que tenho um otimo colo de pe e força..bjs

    ResponderExcluir
  40. Olá !! Meu nome é Bárbara tenho 16 anos e faz 6 meses que faço Ballet Clássico, apesar do pouco tempo de Ballet eu sempre fiz outras danças que ultilizam muito a força do pé ( Dança do ventre, dança de salão e Sapatiado )
    Faço aulas de Ballet todos os dias, e minha professora quer me colocar na ponta..
    Estou perdida , pois algumas pessoas falam que é preciso um preparo muito grande, e outras que eu tenho um condicionamento fisico e força no pé muito boa !
    Estou perdida.. Poderia me ajudar ?
    Um Grande abraço !

    ResponderExcluir
  41. Olá !! Meu nome é Bárbara tenho 16 anos e faz 6 meses que faço Ballet Clássico, apesar do pouco tempo de Ballet eu sempre fiz outras danças que ultilizam muito a força do pé ( Dança do ventre, dança de salão e Sapatiado )
    Faço aulas de Ballet todos os dias, e minha professora quer me colocar na ponta..
    Estou perdida , pois algumas pessoas falam que é preciso um preparo muito grande, e outras que eu tenho um condicionamento fisico e força no pé muito boa !
    Estou perdida.. Poderia me ajudar ?
    Um Grande abraço !

    ResponderExcluir
  42. Olá professora ainda não estou na ponta tenho 11 anos e comecei a fazer ballet com 3 anos e com 1 ano de ballet eu parei .Entrei de novo com 7 anos e fiquei mais um ano e só voltei esse ano.Queria saber que exercícios eu poderia fazer para fortalecer os pés e quando mais ou menos poderia começar a usar sapatilha de ponta.

    ResponderExcluir
  43. Vou fazer 10 mês quem vem e a minha professora quer que eu use sapatilha de ponta,comecei a fazer bale aos 3 anos posso usar sapatilha de ponta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e já danço com meninas de 16,17,19(para cima)sou a mas nova do sala e a maioria usa sapatilha de ponta sinto deixada para trás! 3>

      Excluir
  44. ola, meu maior sonho e ser bailarina, mas tenho 20 anos meus amigos e minha mãe fica falando que não e possivel pq ja sou de maior e não eria ser possivel eu fazer aulas de ballet, mas esse e meu sonho desde os 14 anos, seria possivel eu comecar o ballet tarde?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ivania. Pode fazer ballet, sim, querida. Pode aprender muito e dançar lindamente, participar de mostras e festivais. Tudo dependerá do seu empenho e também de algumas pré-disposições físicas. Talvez não seja possível uma carreira profissional numa grande companhia. Desejo sucesso!

      Excluir
    2. Nossa que legal, sei que não posso alcançar a carreira profissional, mas eu não vou desistir de tentar realizar meu sonho de bailarina iniciante. ;)

      Excluir
  45. Oi eu tenho uma pergunta, eu faço dança contemporânea há 1 ano, só que sou apaixonada por sapatilha de ponta e eu queria saber se eu poderia conversar com a minha prof de contemporânea para subir na ponta ou procurar aulas de ponta.Obs: Também faço Break dance há 6 meses, e já fiz jazz durante +-5 anos quando criança(dos 6 anos a +-11anos e hoje tenho 16)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Giovanna, como vai? Obrigada desde já pelo carinho e confiança. A sapatilha de ponta é usada no ballet clássico, com a evolução da técnica. Você precisaria fazer aulas regulares de clássico até sua professora entender que você já está preparada para a ponta. Não faz parte da dança contemporânea. Se uma bailarina que faz tanto contemporâneo quanto clássico um dia quiser usar a ponta para uma coreografia contemporânea é possível, mas não sem antes passar por todo o caminho da formação técnica. Você já viu o recente trabalho "Belle" da Deborah Colker? Veja o teaser do youtube aqui: https://www.youtube.com/watch?v=Z2sOIwefOSI

      Excluir
  46. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  47. Oi Renata, adorei o post! Estou no ballet clássico a 7 anos e ainda não achei a sapatilha ideal pros meus pés, já usei capezio mas não me agradou muito, atualmente uso Só Dança. Meus pés não são fortes, são largos e egípcios, Qual as sapatilhas mais adequadas para bailarinas com essas características? Beijos!

    ResponderExcluir
  48. Gente alguém me ajuda: fiz ballet clássico com 6 anos e parei com 8, depois disso fiz ginástica ritmica e faz 1 ano e meio que entrei no ballet fitness ( a prof mistura um pouco com ballet clássico) a prof me disse que eu tenho força nos pés e fleibilidade. com isso posso usar sapatilha de ponta, Renata?

    ResponderExcluir