domingo, 5 de setembro de 2010

Sapatilha de Ponta - 2

Qual a marca e o modelo de sapatilha de ponta ideal para cada pé?
Cada bailarina tem sua preferida; muitas demoram anos para encontrar sua ponta ideal, outras mudam sua preferência com o passar do tempo... Se você mudar a sua ponteira talvez sinta necessidade de mudar a sapatilha também. Existe a ponta melhor de todas? Quero que vocês opinem e digam qual sua ponta atual!
Vou citar aqui as principais marcas e modelos com as especificações dos fabricantes:

Milleniun
São em geral pontas muito confortáveis e estáveis. São ótimas para trabalhar os pés nas aulas de ponta. Porém, não são tão bonitas para palco. Ter uma dessas na bolsa vai ser bem útil no dia a dia.

Sapatilha de ponta
VAGANOVA: Gáspea normal (Medium vamp)
A sapatilha para todo tipo de pé, preferida dos profissionais em busca de alta qualidade técnica e beleza de linhas. Tecido: cetim.
BALANCE: Gáspea alta (High vamp)
A sapatilha especial para bailarina com grande peito de pé. Tecido: cetim.
PRELÚDIO: Gáspea normal (Mediurn vamp)
Apresenta as mesmas características de "Technique”, porém sua forma e corte são diferentes.
ADÁGIO: Gáspea alta (High varnp)
Sua finalidade é a mesma da "Balance”, porém com fôrma e cortes distintos. Tecido: cetim
SYLPHIDE: Gáspea normal (Medium vamp)
Uma sapatilha mais flexível que a Adágio, indicada para ballets que exigem mais leveza no dançar. Tecido: cetim.
YOUNG: A mais jovem e moderna sapatilha. Design avançado, com força e leveza para profissionais e alunas. Aprovada pelos grandes solistas e bailarinas do Teatro Municipal do Rio de Janeiro. Tecido: cetim
YOUNG PLUS: Gáspea Normal. Sapatilhas de ponta flexível, com fôrma larga. Tecido: cetim.
Alta qualidade, leveza de linha. Preferida dos profissionais para palco.
STANDARD: Gáspea normal. Sapatilha flexível, indicada para principiantes.
CHESINI: Sapatilha bem mole para iniciantes, mais mole que a Standart.
TECNIC: Sapatilha larga, dura, com gaspea baixa, para quem tem pouco colo de pé e bastante força.
maiores informações em: www.sapatilhasmillenium.com.br/textoprodutos.htm

Só Dança:
São sapatilhas bonitas, bem acabadas, em geral confortáveis, mas possuem um custo mais elevado que a Capezio e a Milleniun. É usada em grandes escolas particulares, como por exemplo o ballet Paula Castro (daqui de São Paulo). É usada pela famosa bailarina Cecilia Kershe, do teatro municipal do Rio de Janeiro. Algumas de minhas alunas não abrem mão desta marca!

As sapatilhas Prima. Grisi e Fanny constituem a família de sapatilhas de ponta para iniciantes. Começando com a Prima, uma pré-ponta ou sapatilha soft, usada para acostumar a aluna ao box, depois vem a Grisi, muito mole, para exercícios de barra e então a Fanny, que possibilita também o trabalho de centro para iniciantes.
A Grand Pas, Nikiya e Pas D'Action são sapatilhas com tecnologia pre-arco (que facilita o processo de adaptação à palmilha e o trabalho dos pés), em geral, essas sapatilhas se adptam as pés mais largos.
Natasha e Anne são sapatilhas mais estreitas e delicadas, apresentando box e calcanhar mais finos e laterais mais baixas. Estas duas sapatilhas podem ser encomendadas personalizando altura da gáspea, lateral e traseira.
Claudia e Toshie são sapatilhas com desing em V e elástico roliço, que valorizam o colo de pé e garantem equilibrio por meio de gaspeas e asas mais longas, facilintando o subir e descer da ponta e proporcionando um melhor eixo. Desenvolvidas para bailarinas intermediárias, avançadas ou profissionais.
Maiores informações em: http://www.sodanca.com/

Capezio: é a principal marca, mais antiga e mais usada por esse mundo afora. Alguns modelos têm excelente qualidade, já outros deixam a desejar. São as mais baratas do mercado e oferecem um excelente custo-benefício. São bonitas para palco e alguns modelos ótimos para trabalho em aula.
Quem usa: escola municipal de bailados de São Paulo, Especial academia (São Paulo) e São Paulo Cia de dança com Fernanda Manuel e Priscilla Yokoi são alguns exemplos.

Fouetté: Forma Média, Gaspea Normal com formato em "V", Palmilha Reforçada, Cordão de Ajuste na Lateral, Indicada para Intermediarias, Avançadas e Profissionais.
Partner: Forma Média, Gaspea Normal, Palmilha Flexivel, Sola Costurada, Indicada para Avançadas.
 Partner Mushilan: Forma Média, Gaspea Alta, Palmilha ¾, Biqueira Quadrada, Sola ¾ Costurada, Indicada para Avançadas.
Partner Box: Forma Media, Gaspea Normal, Palmilha Curvada, com Material Desenvolvido Especialmente com Função Termo Moldante, Sola Costurada, Indicada para Avançadas e Intermediarias.
Giselle: Forma Media, Gaspea Normal, Palmilha Reforcada, Indicada para Profissionais.
Contempora I: Forma Média, Gaspea Normal, Palmilha Normal, Indicada para Intermediárias e Avançadas.
Contempora II: Forma Media, Gaspea Normal, Biqueira Quadrada em Couro, Indicada para Intermediarias e Avançadas.
Partner Estudante: Forma Media, Gaspea Normal, Palmilha Flexível, Biqueira Quadrada em Couro, Sola Costurada, Indicada para Iniciantes.
Cerrito Estudante: Forma Media, Gaspea Normal, Palmilha Flexível, Biqueira Quadrada em Couro, Indicada para Iniciantes.
* todas as pontas poderão ser encomendadas com palmilha normal, reforçada ou super reforçada; ou seja para quem tem pouca força = palmilha normal;  muito colo de pé = palmilha reforçada e muito colo com muita força = palmilha super reforçada.
Maiores informações http://www.capezio.com.br/

Gaynor Minden: são o sonho das bailarinas. Caras, importadas, feitas sob medida, lindas e confortáveis. São geralmente usadas por bailarinas avançadas, de escolas particulares e com dinheiro para comprar. São ideais para palco pois facilitam a subida na ponta e também a estabilidade. Por isso mesmo não são recomendadas para as aulas, pois com a facilidade o pé não trabalharia a força adequadamente. Tenho minhas dúvidas sobre isso. Veja o que diz o representante no Brasil:

Gaynor Minden é fabricada com materiais de alta qualidade elastomerica oferecendo sapatilhas com solado e box inquebráveis. Diferente das demais pontas que são feitas de papelão ou madeira, as pontas da Gaynor Minden oferecem flexibilidade, excelente apoio e conforto para seus pés com a vantagem de durar de 3 a 6 vezes mais que as outras marcas. Pronta para usar: Devido à flexibilidade e macies, as pontas da Gaynor não precisam ser quebradas. O solado dessas pontas é fabricado com uma curvatura que seguem o arco de seus pés, mas se precisar de alguns ajustes você ainda tem a opção de ajusta-la com o uso de um secador de cabelos.
Podem ser encomendadas em 3 tamanhos do Box, 3 opções de largura, 3 opções de altura do Vamp (gáspea), 4 opções de altura para o calcanhar e 5 níveis de dureza.
Maiores informações em http://www.pontafirme.com.br/gaynor_html/index.htm

Gostaria muito que vocês leitoras do blog postassem suas preferências e considerações a respeito das pontas!