quinta-feira, 25 de março de 2010

Atividades de ballet para fazer em casa

As atividades que proponho a seguir podem ser usadas por mamães que querem brincar de ballet com suas filhinhas! Se sua filha convidou as amigas para brincarem na sua casa a diversão vai ser certa!!!! Professoras de baby class também podem se beneficiar dessas atividades!
Seria muito legal se você tiver alguns tutus, coroas e outros acessórios que as façam sentirem-se como bailarinas de verdade!

- Pé de palhaço, pé de bailarina, pé de pato: Sentadinhas em círculo, com as pernas estendidas flexionam os pés puxando os dedos para cima, chamamos de palhaço, esticando bem os pés empurrando os dedos para baixo chamamos de bailarina e girando os pés e pernas para fora chamamos de pato. Vou falando e fazendo junto: palhaço, bailarina, pato e elas vão fazendo também. Num determinado momento eu falo: "Pato" e faço "bailarina" com os pés. Todas "erram" aí eu digo: "mas eu falei pato" aí todas riem. Então explico que vou ficar "enganando" que elas têm que fazer o que eu digo. Aí a brincadeira vai longe... É possível, dependendo da idade que elas possam falar também, conduzindo a brincadeira!!! * Trabalha o fortalecimento dos pés e pernas, rotação "en dehors", atenção.

- Abre a gavetinha, fecha a gavetinha: Sentadas em roda, abre a gavetinha é borboletinha de ballet, fecha a gavetinha é esticar as pernas e as pontas dos pés. Vou falando e fazendo com elas "Abre a gavetinha, fecha a gavetinha". Como na brincadeira anterior, num determinado momento eu "erro". Aí explico que elas têm que seguir o que eu falo. Vamos fazendo até alguém errar. Então peço para todas abrirem a gavetinha e digo "Na minha gavetinha tem um ursinho, e na sua?"Aí a menina ao lado diz "Tem um ursinho e um lápis", A seguinte diz "um ursinho, um lápis e uma maçã" e assim vai até a última. Dependendo da idade, vou ajudando-as a falar. * Trabalha a abertura de quadril "en dehors", atenção.

-Siga o mestre: funciona como na brincadeira original, em fila todas seguem a da frente. Porém, com música clássica para ballet. A professora começa como mestre, sempre fazendo deslocamentos de ballet (skip, gallope, andar nas pontinhas etc.). Depois a professora sai e monitora a brincadeira, dando um tempo para cada um ser o mestre. Só valem coisas de ballet e danças em geral. Qdo vai trocar o mestre, eu páro a música, coloco a primeira em último lugar da fila e aviso para todas seguirem a "fulana". Tenho que interferir algumas vezes, pois algumas crianças são muito tímidas e não querem ser o mestre. Na primeira aula eu respeito a decisão dela; já na próxima incentivo sugerindo algum movimento. Elas todas têm uma tendência a "fechar" uma roda e deslocar muito rápido e acabam ficando tontas; eu interfiro sugerindo um deslocamento mais amplo nesse caso. * aumenta o repertório de movimentos, estimula a criatividade, o espírito de liderança e o trabalho em grupo.

- Articulações: Primeiro pergunto a elas: "Sabem onde fica o tornozelo? Onde é seu joelho?" Etc. Dependendo da idade, dou o conceito de "articulações, juntas". A brincadeira começa assim, eu falo "cotovelo", e elas devem segurar suavemente no cotovelo de uma amiga. Então coloco uma música clássica animada, um allegro, e todas devem dançar pelo cotovelo, ou seja, explorando as possibilidades de movimentação do cotovelo e dançando a partir do cotovelo. Depois falo "articulações dos dedos", elas seguram as mãoszinhas umas das outras e depois dançam inspiradas por essa articulação; assim vai indo até o momento que eu digo "Corpo inteiro" e aí é só olhar que divertido! * Trabalha o conceito de articulações, conhecimento e consciência corporal de si e em relação ao outro, improvisação e aumento do repertório de movimento.

Se quiser compartilhar suas atividades ou experiências com suas filhas ou alunas coloque abaixo que ficarei muito feliz!

Para exercícios para adultos veja minha postagem sobre os "10 primeiros exercícios para fazer em casa"